COMISSÃO PASTORAL DA TERRA

 

 

 

Ações dos Movimentos

Indígenas Munduruku barram audiência pública sobre construção de portos no rio Tapajós

Indígenas Munduruku barram audiência pública sobre construção de portos no rio Tapajós

Audiência seria realizada na manhã de hoje (2), no pavilhão de eventos da Igreja Nossa Senhora de Nazaré, em Itaituba, no Pará. A audiência discutiria o licenciamento da estação de Transbordo e Carga no rio Tapajós. Após a entrada dos indígenas, uma comissão com representantes do Ministério Público Estadual, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e da Câmara Municipal, argumentou que a audiência teria sido autorizada por decisão judicial. O povo munduruku manteve-se contrário à realização desta, assim como outras etnias, grupos sociais e movimentos sociais presentes no local. A audiência foi então cancelada. Os indígenas divulgaram na ocasião a “Carta do povo Munduruku contra os portos no Tapajós”, em que destacam que “são seis empresas que estão afetando a vida de centenas de pessoas. E com a construção de mais portos o nosso modo de vida será ainda mais afetado. Sabemos também que essas obras geram especulação da terra, grilagem e ainda mais invasão para o nosso território. E junto com isso vem as drogas, a violência, a prostituição: mais conflito ameaçando a nossa vida e o futuro dos nossos filhos”. Confira o documento:…

Leia mais:

Coordenação europeia da Via Campesina e mais 340 organizações sociais pedem a União Europeia a paralisação das negociações comerciais com o Brasil

Coordenação europeia da Via Campesina e mais 340 organizações sociais pedem a União Europeia a paralisação das negociações comerciais com o Brasil

Em Carta Aberta publicada na quarta-feira (19), a coordenação europeia da Via Campesina (ECVC), juntamente a 340 organizações da sociedade civil, exigem que a União Europeia pare imediatamente as negociações de um acordo de livre comércio com o bloco do Mercosul (Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai), devido a deterioração dos direitos humanos e das condições ambientais no Brasil. A Carta é dirigida aos presidentes das instituições da União Europeia, antes da reunião que será realizada na próxima semana em Bruxelas, na qual os ministros de Assuntos Exteriores da União Europeia e do Mercosul pretendem concluir as negociações. Confira o documento:…

Leia mais:

Mais de 50 organizações participam de V Encontro Popular da Bacia do Rio São Francisco

Mais de 50 organizações participam de V Encontro Popular da Bacia do Rio São Francisco

Reunidos na cidade mineira de Januária, em Minas Gerais, entre os dias 7 e 9 de junho, 109 pessoas de 56 organizações participaram do V Encontro da Articulação Popular da Bacia do Rio São Francisco. Estiveram reunidos representantes de povos indígenas; quilombolas; geraizeiras e geraizeiros; catingueiras e catingueiros de fundos e fechos de pasto, pescadoras e pescadores; pesquisadoras e pesquisadores; pastorais e de grupos urbanos das quatro regiões da Bacia. Entre os diversos assuntos tratados no Encontro, foi ressaltado o processo de envenenamento do Rio São Francisco. Confira abaixo a Carta elaborada durante o Encontro:…

Leia mais: