COMISSÃO PASTORAL DA TERRA

 

 

 

Na manhã dessa quinta-feira (13) será realizada uma rodada de lançamentos de publicações durante a programação do I Seminário Internacional e III Seminário Nacional: Agrotóxicos, Impactos Socioambientais e Direitos Humanos, que acontece na Cidade de Goiás (GO), desde o dia 10.

(Cristiane Passos – CPT Nacional)

A Comissão Pastoral da Terra (CPT), representada pela coordenadora nacional da entidade Isolete Wichinieski, fará uma exposição da sua publicação anual, Conflitos no Campo Brasil 2017, lançada nacionalmente em abril desse ano, e que traz o maior número de assassinatos já registrados nos últimos 14 anos, 71. Além disso, em 2017 a CPT registrou 5 massacres no campo, bem como outras violências como despejos, prisões e ameaças de morte.

A atividade no Seminário contará, ainda, com o lançamento de outras publicações como o livro “Apaixonado por Justiça”, sobre a vida do frei dominicano e advogado da CPT em Xinguara, Henri des Roziers; o “Atlas do Agronegócio”, organizado pela Fundação Rosa Luxemburgo; o livro “Agrotóxicos e Agroecologia”, organizado por Murilo Mendonça e Cléber Folgado, da Campanha Nacional contra os Agrotóxicos e pela Vida; o relatório “Vidas em Luta”, organizado pelo Comitê Brasileiro de Defensores e Defensoras de Direitos Humanos, entre outras publicações.

Os lançamentos ocorrerão a partir das 08h00, na Igreja do Rosário, também na Cidade de Goiás (GO). O evento é aberto ao público.

 

 

 

 

 

 

Gostou dessa informação?

Quer contribuir para que o trabalho da CPT e a luta dos povos do campo, das águas e das florestas continue? 

Clique aqui e veja como contribuir