COMISSÃO PASTORAL DA TERRA

 

 

Amanhã, 13 de julho, a Comissão Pastoral da Terra (CPT) regional Pará fará o lançamento no estado da publicação anual da CPT, Conflitos no Campo Brasil 2020. É a 35ª edição do relatório que reúne dados sobre os conflitos e violências sofridas pelos trabalhadores e trabalhadoras do campo brasileiro, bem como indígenas, quilombolas e demais povos tradicionais do campo, das águas e das florestas.

Devido à pandemia de Covid-19, o lançamento será feito de forma digital através de uma live com a participação de Raione Lima, da coordenação colegiada regional da CPT - PA, advogada popular e representante estadual na Articulação das CPT’s da Amazônia; da advogada popular Aianny Naiara Gomes, da Rede Nacional de Advogados/as Populares (RENAP); de Manoel Gomes, do acampamento Jane Julia, de Pau D´Arco (PA); da liderança quilombola Vanusa da Conceição, da comunidade Abacatal e a participação da Alessandra Munduruku, que também deixará sua mensagem através de vídeo. Andréia Silvério, da coordenação nacional da CPT e Marco Apolo, da Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos (SDDH). Ambos são advogados/as populares.

A atividade poderá ser acompanhada na página da CPT Nacional no Facebook e no canal no Youtube.

Conflitos por Terra no Pará e na Amazônia Legal em 2020

A CPT documentou e sistematizou 1.576 ocorrências de conflitos por terra em 2020 no Brasil, o maior número registrado desde 1985, quando o relatório começou a ser publicado, 25% superior a 2019 e 57,6% a 2018. Esses conflitos envolveram 171.625 famílias. Os dados são ainda mais assustadores quando analisados apenas os números referentes aos povos indígenas no Brasil nesse tipo de conflito: 656 ocorrências (41,6% do total), com 96.931 famílias (56,5%).

Quando analisamos os dados da Amazônia Legal e do estado do Pará, historicamente o estado mais violento do Brasil em relação aos povos do campo, das águas e das florestas, os números nos mostram que o projeto devastador sobre os territórios da Amazônia se mantém. Em 2020, foram registradas 245 ocorrências no Pará, enquanto que em 2019 elas foram 143. Houve um aumento substancial de 2019 a 2020 de 71%. No quadro da Amazônia Legal em 2020, o Pará é líder em número de “Ocorrências de Conflitos por Terra” e em números de famílias envolvidas nesse tipo de conflito.

___________________________________

Lançamento do relatório no estado do Pará: Conflitos no Campo Brasil 2020

Quando: 13 de julho (terça-feira), a partir das 16h00 (horário de Brasília).

A live poderá ser acompanhada pela página da CPT no Facebook (@CPTNacional) e no Youtube (https://www.youtube.com/c/ComissãoPastoraldaTerraCPTNacional).

 

Mais informações:

Francisco Alan (coordenação CPT Pará): (86) 99558-4711

Raione Lima (coordenação CPT Pará): (93) 99204-8460

Padre Paulinho (CPT Pará): (91) 99102-5489