COMISSÃO PASTORAL DA TERRA

 

 

A partir das 14h00 de hoje (02), será realizado na Ação Educativa, em São Paulo, o Painel Direitos Humanos e Democracia. O evento será transmitido pela internet, e você poderá acompanhar pelo facebook da CPT.

(Plataforma Dhesca)

Após a confirmação de um dos maiores golpes já dados na história contra a nossa Democracia, que traz com ele sérias ameaças aos Direitos Humanos, é necessário dialogar sobre ele e pensar em estratégias de resistência. Esta é razão para a realização do “Seminário Direitos Humanos e Democracia”.

O evento é uma das ações da Campanha Mais Direitos Mais Democracia, lançada em Brasília no dia 28 julho. A campanha surgiu a partir de um amplo debate realizado pelas redes nacionais Plataforma de Direitos Humanos – Dhesca Brasil e pela Articulação para o Monitoramento dos Direitos Humanos no Brasil e respectivos movimentos e organizações filiadas e parceiras. Envolve um processo de construção coletiva que continua aberto para a adesão de outras redes, movimentos, organizações, articulações, coletivos e pessoas.

Conheça todas as organizações e entidades envolvidas e participe assinando o Manifesto: http://maisdireitosmaisdemocracia.org.br/manifesto-mais-direitos-mais-democracia/

14:00 às 18:00 – Painel Direitos Humanos e Democracia

– Mesa de debates aberta à toda a sociedade, com intuito de apresentar e debater a Campanha Mais Direitos Mais Democracia e as temáticas relacionadas a ela.

Painelistas:

Benilda Brito – Articulação de Mulheres Negras Brasileiras
Carlos Magno – Presidente da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais – AGBLT
Darci Frigo – Plataforma de Direitos Humanos – Dhesca Brasil / Terra de Direitos
Jandyra Uehara Alves – Secretária de Políticas Sociais e Direitos Humanos da CUT Nacional
Laura Capriglione – Jornalistas Livres

Local:

Ação Educativa
Rua General Jardim, 660, São Paulo – SP

 

Gostou dessa informação?

Quer contribuir para que o trabalho da CPT e a luta dos povos do campo, das águas e das florestas continue? 

Clique aqui e veja como contribuir