COMISSÃO PASTORAL DA TERRA

 

 

 

Trabalho Escravo

Semana de Comunicação de Prevenção e Combate ao Trabalho Escravo da CPT Bahia tem início na próxima segunda-feira

Semana de Comunicação de Prevenção e Combate ao Trabalho Escravo da CPT Bahia tem início na próxima segunda-feira

A Semana conta com a distribuição de materiais, palestras, debates e entrevistas em rádios em todo o estado da Bahia. Na Bahia, foram 06 casos identificados com 49 trabalhadores resgatados. Para divulgar esses dados e fortalecer a campanha preventiva “De Olho Aberto para Não Virar Escravo”, a CPT Regional Bahia realizará entre os dias 06 e 13 de maio, a Semana de Comunicação de Prevenção e Combate ao Trabalho Escravo.…

Leia mais:

Combate ao trabalho escravo: seminário marca 10 anos do projeto Ação Integrada

Combate ao trabalho escravo: seminário marca 10 anos do projeto Ação Integrada

Acontece em Cuiabá, nos dias 6, 7 e 8 de fevereiro, o Seminário ‘Novos Caminhos para a Erradicação do Trabalho Escravo’. O evento é organizado pelo Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso (MPT-MT), Ministério da Economia (ex-Ministério do Trabalho) e Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em comemoração aos 10 anos do projeto ‘Ação Integrada de Qualificação e Reinserção de Egressos do Trabalho Escravo’ (PAI), considerado referência mundial no enfrentamento ao problema.

Leia mais:

NOTA PÚBLICA DA CNBB - 28 de janeiro: Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo

NOTA PÚBLICA DA CNBB - 28 de janeiro: Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), na figura de Dom Enemésio Lazzaris, bispo de Balsas (MA) e Presidente da Comissão Episcopal Pastoral Especial para o Enfrentamento ao Tráfico Humano da entidade, divulgou Nota Pública sobre o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo, 28 de janeiro, em que destacou, entre outras coisas, "A exploração do ser humano, através do trabalho escravo, é um grave desrespeito aos direitos da pessoa humana, à sua dignidade e especialmente uma violação grave ao direito de trabalhar em condições dignas, recebendo um salário justo. O trabalho é dimensão constitutiva do ser humano e não oportunidade para violação da sua dignidade... A sociedade tem a tarefa de conduzir-se por uma economia que preze a dignidade humana acima de tudo e isso implica, entre outras coisas, em eliminar a prática do trabalho escravo em qualquer relação de trabalho, seja na agropecuária, na construção civil, na indústria têxtil, nas carvoarias, nos serviços hoteleiros ou até em serviços domésticos. De 1995 a 2018, já foram libertados de trabalho escravo 50.731 trabalhadores (fonte: SIT), de um total de 52.942, encontrados nesta condição pela fiscalização do trabalho, entre eles 716 estrangeiros". Confira o documento:

Leia mais:

Semana Nacional de Combate ao Trabalho Escravo

Semana Nacional de Combate ao Trabalho Escravo

A Semana Nacional de Combate ao Trabalho Escravo ocorre especialmente como ato de manifestação e sensibilização nesse enfrentamento. A data foi oficializada em 2009 em memória aos 03 auditores fiscais do Trabalho, juntamente com o motorista, assassinados em 28 de janeiro de 2004 durante inspeção para apurar denúncias de trabalho escravo em fazendas da região de Unaí (MG), episódio que ficou conhecido como Chacina de Unaí. Período então que homenageia–se como dia dos Auditores e Auditoras Fiscais do Trabalho e constitui-se como importante marco no combate a esse crime. Confira as atividades programadas:

Leia mais: