COMISSÃO PASTORAL DA TERRA

 

 

 

A Rede Social de Justiça e Direitos Humanos lança, nesta quarta-feira, 04, às 18 horas, no Sesc Bom Retiro, em São Paulo, a 20ª edição do relatório Direitos Humanos no Brasil 2019, que também coincide com as duas décadas de atuação da organização. Um dos objetivos da Rede é ampliar o próprio conceito que a opinião pública tem em relação aos direitos humanos, no sentido de contribuir com o fortalecimento dos direitos fundamentais.

Fonte: Assessoria de Comunicação da CPT com informações da Rede Social 

No evento serão homenageados a agente histórica da Comissão Pastoral da Terra em Xinguara (PA), Ana de Souza Pinto, conhecida como Aninha, a economista Maria Lúcia Fattorelli e o Movimento Moradia SP. A noite cultural ficará por conta do grupo “As Cantadeiras”, formado por militantes e educadoras do MST, e Caio Muniz.

A primeira parte deste livro apresenta um balanço e analisa, em cinco artigos, fatos importantes relacionados à questões agrária e urbana, trabalho e liberdade de manifestação no período de 2000 a 2019. A segunda parte, composta por 23 artigos, refere-se mais especificamente ao panorama dos direitos humanos em 2019, ano marcado por notícias que beiram o surreal. 

Fruto da parceria da Rede Social com organizações sociais de vários setores e regiões do Brasil, os 28 artigos do livro foram escritos por especialistas nos temas, que participam de movimentos populares e da comunidade acadêmica. Para a Rede, neste momento de repressão, ruptura com o processo democrático e crescentes ataques aos direitos humanos, a publicação do livro representa um instrumento de denúncia e resistência.

::. Clique aqui e faça o pré-cadastro para participar do lançamento do livro

"O Relatório não é uma sucessão de números frios, exposição de estatísticas ‘objetivas’. Cada situação aqui relatada pulsa, agoniza, gera desamparo ou esperança. A presente edição do Relatório aborda, como as anteriores, a dor humana, as feridas, a dura busca de soluções. Essas páginas contêm morte e vida”, afirma, no Prefácio, o historiador e ex-deputado federal pelo Psol, Chico Alencar.

A imagem da capa desta publicação, de autoria de João Roberto Ripper, faz referência à resistência dos povos indígenas Guarani Kaiowá, do Mato Grosso do Sul.

Serviço:

Lançamento “Direitos Humanos no Brasil 2019”

Nesta quarta-feira, dia 04, às 18 horas

Local: Sesc Bom Retiro, Alameda Nothmann, 185 - Bom Retiro - São Paulo (SP)

Mais informações: (11) 3271-1237 ou acesse a página da Rede Social

Gostou dessa informação?

Quer contribuir para que o trabalho da CPT e a luta dos povos do campo, das águas e das florestas continue? 

Clique aqui e veja como contribuir