COMISSÃO PASTORAL DA TERRA

 

 

Bispo de Balsas fez sua Páscoa no último dia 02, aos 71 anos. Dom Enemésio, que entre 2012 e 2018 foi presidente da CPT, lutava contra um câncer no pâncreas desde o mês de janeiro 2019. 

Fonte: Assessoria de Comunicação da CPT e Diocese de Balsas (MA) Foto: Joka Madruga

O funeral do religioso está sendo realizado na Catedral Sagrado Coração de Jesus, em Balsas, no Maranhão. Após a Missa Exequial, que será realizada às 16 horas, um cortejo percorrerá a cidade e em seguida retornará à Catedral, onde o corpo de Dom Enemésio deve ser sepultado.

Veja abaixo algumas das manifestações em decorrência da morte de Dom Enemésio:

Nota da CPT pelo falecimento de Dom Enemésio Ângelo Lazzaris

REPAM 

Nota de Solidariedade

Nós, da Comissão Episcopal Especial para a Amazônia e da Rede Eclesial Pan-Amazônica/REPAM-Brasil, manifestamos nossos sinceros sentimentos pela páscoa de Dom Enemésio Ângelo Lazzaris. Unimo-nos em oração e solidariedade à Igreja do Regional Nordeste 5, especialmente à Diocese de Balsas, que nesse momento sente a perda de seu pastor.

Dom Enemésio, com bravura, lutou contra um câncer no pâncreas nos últimos tempos, sem perder a leveza e o sorriso que lhe eram tão característicos no trabalho pastoral. Sua garra e coragem nos testemunham o amor à vida e à missão que ele tinha.

Em sua trajetória pastoral, Dom Enemésio contribuiu em muito com nossa Igreja na Amazônia.  Desde a atuação na Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz , no Grupo de Trabalho de Combate ao Trabalho Escravo;  na Comissão Pastoral da Terra e na Comissão Episcopal Pastoral Especial para o Enfrentamento ao Tráfico Humano, ele sempre demonstrou cuidado e carinho para com o povo da Pan-Amazônia.

Religioso Orionita, Dom Enemésio nos deixou no Dia da Vida Religiosa Consagrada. Que sua vida e testemunho de consagrado nos inspire em nossa vivência pastoral.

Fraternalmente,

Dom Claudio Hummes
Presidente da Comissão Episcopal Especial para a Amazônia/CEA
Presidente da Rede Eclesial Pan-Amazônica/REPAM-Brasil

---

João Pedro Stédile

O MST perdeu hoje um grande amigo e incentivador. Dom Lazzaris, bispo de Balsas-MA. Conheci-o como presidente da CPT nacional e foi sempre um corajoso pastor defensor dos pobres e denunciante das injustiças. Seu legado, nos animara a seguir lutando.

---

CNBB

Nota de Condolências da CNBB pelo falecimento de dom Enemésio Ângelo Lazzaris
Brasília-DF, 03 de fevereiro de 2020

Prezados,

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) manifesta seu pesar pelo falecimento de dom Enemésio Ângelo Lazzaris, bispo Balsas (MA), na noite deste domingo, 2 de fevereiro. Aos familiares e a todo o povo de Deus desta Igreja Particular, nos unimos em oração e em solidariedade, fazendo memória deste nosso irmão.

Enaltecemos a atuação de dom Enemésio na prática da solidariedade e da fraternidade. A Conferência manifesta ainda gratidão ao bispo pelos serviços prestados a entidade e que a sua memória nos motive a trabalharmos sempre mais pela comunhão do episcopado brasileiro.

Enviamos o nosso fraterno abraço a todos e asseguramos as nossas orações pelo descanso eterno do bispo que dedicou a vida as causas sociais dos mais desprotegidos e perseguidos.

Em Cristo,

Dom Walmor Oliveira de Azevedo
Arcebispo de Belo Horizonte (MG)
Presidente da CNBB

 

Dom Jaime Spengler
Arcebispo de Porto Alegre (RS)
Primeiro Vice-Presidente da CNBB

 

Dom Mário Antônio da Silva
Bispo de Roraima (RR)
Segundo Vice-Presidente da CNBB

 

Dom Joel Portella Amado
Bispo auxiliar da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (RJ)
Secretário-geral da CNBB

 

Morre ex-presidente da CPT e bispo de Balsas (MA), Dom Enemésio Lazzaris

---

Dom Enemésio, presente! - Homenagem da CPT/AL diante do falecimento do bispo de Balsas (MA)

A Comissão Pastoral da Terra (CPT) de Alagoas externa seu pesar pela perda de Dom Enemésio Ângelo Lazzaris, bispo de Balsas (MA), aos 71 anos, que atuou junto à instituição no Estado do Maranhão desde 2008. Religioso da Congregação da Pequena Obra da Divina Providência, também conhecida como Filhos da Divina Providência ou simplesmente Orionitas, há um ano o companheiro lutava contra um severo câncer no pâncreas.

Confira abaixo o depoimento do coordenador da CPT/AL, Carlos Lima:

Dom Enemésio, um homem simples, como deve ser os que andam no caminho de Cristo. Quando fiz parte do Conselho Nacional da CPT ele era o nosso presidente. Era um de nós. Ele se vestia como um de nós, conversava como um de nós, agia como um de nós, brincava como um de nós. Superada a pauta do dia, colocava short, camisa e tênis e participava das partidas de vôlei e futebol. Várias vezes foi goleiro. Um homem pobre, sem luxos, sem arrogância, que amava a terra e os empobrecidos da terra.

Quando celebramos 30 anos de Romaria da Terra e das Águas em Alagoas, fizemos o convite para Dom Enemésio participar da mesma, para presidir a Santa Missa. Ele aceitou o convite e junto com Zé Vicente e Zé Pinto animaram a nossa fé e as nossas lutas. Após a celebração, naquela madrugada, subimos a Serra da Barriga em romaria. Ele foi conosco caminhando, rezando, refletindo... Ao amanhecer, na benção e envio dos romeiros e romeiras, ele pediu licença a todos e todas e tocou o solo sagrado da Serra da Barriga, pediu para todos que pudessem e quisessem tocasse a terra; depois, ele mesmo disse que estava querendo deitar, sentir a terra, sentir os ancestrais, a memória das lutas Quilombolas, das lutas de Zumbi e Dandara. Essa imagem permanece viva em minha mente e permanecerá em todas as romarias que realizaremos na Serra da Barriga.

Você nos ensinou que o Cristo é irmão, que Ele é presente em nossas vidas e nas nossas lutas. Iremos, meu irmão, sentir a sua ausência, a sua fala amiga de companheiro. Um dia nos encontraremos na morada definitiva, preparada pelo Cristo libertador.

Carlos Lima

Coordenador da CPT/AL

---

Arquidiocese de Belo Horizonte

Nota de Falecimento – Dom Enemésio Ângelo Lazzaris

Nossa solidariedade aos familiares e amigos de dom Enemésio Ângelo Lazzaris , Bispo de Balsas, diocese localizada no Sul do estado Maranhão, que faleceu neste domingo, 2 de fevereiro.

Dom Enemésio  se formou em Teologia na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-Minas) e esteve à frente por seis anos do Lar dos Meninos Dom Orione, na Região da Pampulha, em Belo Horizonte. Dedicou a sua vida ao anúncio do Evangelho e ao serviço ao Povo de Deus. Seu ministério foi marcado pelo amparo aos mais pobres, especialmente pela luta por justiça social em centenas de comunidades do campo.

Trajetória

Dom Enemésio Ângelo Lazzaris nasceu em 19 de dezembro de 1948, em Siderópolis (SC). Era religioso da Congregação da Pequena Obra da Divina Providência, também conhecida como Filhos da Divina Providência ou simplesmente Orionitas. Foi nomeado bispo de Balsas em 2008. Dom Enemézio integrou a Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz (2011 – 2015); participou ativamente do Grupo de Trabalho de Combate ao Trabalho Escravo (2012-2016); foi presidente da Comissão Pastoral da Terra (2012-2018) e o primeiro presidente da Comissão Episcopal Pastoral Especial para o Enfrentamento ao Tráfico Humano (2017- 2019).

---

Arquidiocese de Cascavel

Morre aos 71 anos dom Enemésio Ângelo Lazzaris bispo de Balsas (MA)

Morreu na noite deste domingo, 2 de fevereiro, na cidade de Araguaína (TO), dom Enemésio Ângelo Lazzaris, bispo de Balsas, diocese localizada no Sul do estado Maranhão. O bispo tinha 71 anos e há um ano lutava contra um severo câncer no pâncreas. O corpo de dom Enemésio será velado até as 15h desta segunda-feira, na paróquia Sagrado Coração de Jesus, em Araguaína, onde foi pároco por oito anos. Em seguida, o corpo será trasladado para Balsas, onde será velado na Igreja Catedral Sagrado Coração de Jesus (MA). O sepultamento será nesta terça-feira, 4 de fevereiro, na própria catedral da cidade, após a Missa Exequial, ainda sem hora marcada.

Trajetória

Dom Enemésio Ângelo Lazzaris nasceu em 19 de dezembro de 1948, em Siderópolis (SC). Era religioso da Congregação da Pequena Obra da Divina Providência, também conhecida como Filhos da Divina Providência ou simplesmente Orionitas. Foi nomeado bispo de Balsas em 2008. Como bispo, dom Enemézio foi eleito, em junho de 2011, membro da Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz (2011 – abril 2015); fez parte do Grupo de Trabalho de combate ao Trabalho Escravo (2012-2016); foi presidente da Comissão Pastoral da Terra (2012-2018) e o primeiro presidente da Comissão Episcopal Pastoral Especial para o Enfrentamento ao Tráfico Humano (2017- 2019).

---

Frei Anastácio lamenta morte de Dom Enemésio Lazzaris, ex-presidente nacional da CPT

O deputado federal Frei Anastácio usou a tribuna da Câmara Federal para lamentar a morte de Dom Enemésio Ângelo Lazzaris, bispo de Balsa, no Maranhão e ex-presidente nacional da Comissão Pastoral da Terra (CPT).

“Dom Enemésio faleceu no domingo passado (02) com 71 anos e foi presidente da Comissão Pastoral da Terra entre 2012 e 2018. Ele deixa uma história de luta em defesa dos Direitos Humanos”, comentou Frei Anastácio.

O bispo foi integrante ainda da Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz, o Grupo de Trabalho de Combate ao Trabalho Escravo e da Comissão Episcopal Pastoral Especial para o Enfrentamento ao Tráfico Humano.

“Enquanto religioso, Dom Enemésio foi um homem íntegro, solidário e que representou muito bem o que é a igreja católica e por quem ela luta. Deixa seu legado na luta contra as injustiças sociais e a favor do povo pan amazônico”, disse o parlamentar.

Nota à CPT Nacional

Além da fala na tribuna da Câmara, Frei Anastácio escreveu uma nota à CPT Nacional, da qual Dom Enemésio foi presidente entre os anos de 2012 a 2018.

Confira a nota: “À CPT NACIONAL

É com profundo pesar que coloco-me de luto, ao lado de todos e todas que conheciam e amavam Dom Enemésio Ângelo Lazzaris.

Ele foi para os braços do pai, mas deixa uma lembrança viva de sua fé em Deus, e a convicção na luta que desenvolveu com tanto êxito e dedicação.

Que esse legado permaneça vivo e sirva de exemplo e norte para nossas caminhadas.

Paz e bem.

Frei Anastácio Ribeiro - Deputado Federal – PT/PB

Brasília, Brasil.

04 de Fevereiro de 2020”

---

Deputado Federal Valmir Assunção - PT (@DepValmir):

Dom Enemésio Lazzaris foi um lutador! Sua atuação em prol da justiça social no campo brasileiro será sempre lembrada. Meus sentimentos aos familiares, amigos e toda a equipe da @cptnacional

---

Deputado federal - Célio Moura (PT)

Com enorme pesar, comunico o falecimento do Bispo Dom Enemésio Ângelo Lazzaris, na noite de ontem (02/02), em Araguaína-TO.

Dom Enemésio lutava há muito tempo pela vida, combatendo o câncer. Era um Bispo progressista, humanista e trabalhador, homem de muito boa fé, amigo e companheiro dos necessitados, um servo dos pobres que deixa muita saudade e ensinamentos solidários para nossos corações.

Sua partida, representa grande perda. Seus exemplos seguirão a nos inspirar por uma vida fraterna, com pão para quem tem fome, e fome de justiça para quem tem pão, como ensinou Jesus Cristo.

Dom Enemésio, (o servo do pobres) presente, hoje e sempre!

Célio Moura
Deputado federal PT/TO

Dom Enemésio Lazzaris oferece aos lutadores e lutadoras do campo o Prêmio Dom Oscar Romero 2017 oferecido à CPT

---

Congregação dos Orionitas

NOTA DE FALECIMENTO

É com muito pesar que comunicamos o falecimento de Dom Enemésio Ângelo Lazzaris, Religioso Orionita e bispo da diocese de Balsas-MA, ocorrido nessa noite na Cidade de Araguaína-TO.

Seu corpo será velado naquela cidade, no Santuário Sagrado Coração de Jesus. Às 15h será celebrada a missa de corpo presente, onde a população daquela cidade e os religiosos Orionitas que ali estiverem se despidirão definitivamente do nosso amado bispo. Após a Santa Missa, o seu corpo seguirá para Balsas-MA, sede de sua Diocese, onde será sepultado.

 

---

Cáritas

NOTA DE PESAR E GRATIDÃO: DOM ENEMÉSIO LAZZARIS DEIXA LEGADO DE AMOR AO EVANGELHO

"Dom Enemésio foi uma presença amável e iluminadora", diz Lena Machado, secretária executiva do Regional Maranhão, ao lembrar do religioso.

“Nós cremos na vida eterna, e na feliz ressurreição. Quando de volta à casa paterna, com o Pai os filhos se encontrarão”, diz o refrão popular, muito cantado nas comunidades católicas. É nesse ambiente comunitário de fé, que a Cáritas Brasileira compartilha com o Povo de Deus, na Igreja do Brasil, o momento da Páscoa definitiva de dom Enemésio Ângelo Lazzaris.

Depois de assumir a liderança pastoral da Diocese de Balsas (MA), em 29 de março de 2008, dom Enemésio passou a acompanhar a Comissão Pastoral da Terra (CPT) no estado do Maranhão, tornando-se seu presidente alguns anos depois. Assumiu também, de 2013 a 2019, a missão de ser o bispo referencial da Cáritas Brasileira no Regional Maranhão. A secretária executiva regional, Lena Machado, relata como foram esses anos ao lado de dom Enemésio. “Consciente do seu papel de bispo referencial dom Enemésio impressionava com seu posicionamento claro sobre o papel da instituição. Mantinha com o Secretariado Regional do Maranhão uma relação carinhosa de amizade e confiança. Sempre que podia fazia visitas de surpresa à sede do Secretariado, em São Luiz (MA), acompanhadas de uma lembrancinha, sinal material de seu cuidado pastoral com a Cáritas. De fala clara, simples e ao mesmo tempo firme e profética, dom Enemésio sempre foi uma presença amável e iluminadora. Atento às realidades maranhenses e aos desafios vividos pelo povo brasileiro, sugeria caminhos para o trabalho da Cáritas motivando respostas emancipatórias para as pessoas empobrecidas, especialmente do Maranhão, para a superação das causas das desigualdades”, relata Lena.

O Secretariado Nacional e o Regional Maranhão da Cáritas Brasileira manifestam sua gratidão pela vida de dom Enemésio e o que ela manifesta: a opção preferencial pelos pobres, no seguimento de Jesus Cristo, o amor aos pequeninos do Reino, e a ousadia de caminhar humildemente com Deus na história.

 Brasília, 03 de fevereiro de 2020

Secretariado Nacional e Regional Maranhão da Cáritas Brasileira

----

 Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular

Gostou dessa informação?

Quer contribuir para que o trabalho da CPT e a luta dos povos do campo, das águas e das florestas continue? 

Clique aqui e veja como contribuir 

A Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular manifesta seu pesar pelo falecimento, na noite de ontem (02), de Dom Enemésio Ângelo Lazzaris, Bispo de Balsas/MA.

Aos 71 anos o bispo lutava contra um câncer no pâncreas. Enemésio será velado até as 15h desta segunda-feira (03), na paróquia Sagrado Coração de Jesus, em Araguaína/TO, onde foi pároco por oito anos.

Em seguida, o corpo será trasladado para Balsas, onde será velado na Igreja Catedral Sagrado Coração de Jesus. O sepultamento será nesta terça-feira (04), na própria catedral, após a Missa Exequial ainda sem hora marcada.

Dom Enemésio Ângelo Lazzaris nasceu em 19 de dezembro de 1948, em Siderópolis (SC) e foi nomeado Bispo de Balsas em 2008. Como bispo, fez parte do Grupo de Trabalho de combate ao Trabalho Escravo (2012-2016); 

foi presidente da Comissão Pastoral da Terra (2012-2018) e o primeiro presidente da Comissão Episcopal Pastoral Especial para o Enfrentamento ao Tráfico Humano (2017- 2019).

Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular

---

Hospital Dom Orione

NOTA DE PESAR - DOM ENEMÉSIO ÂNGELO LAZZARIS

Bispo de Balsas (MA)

É com imensa tristeza que o Hospital Dom Orione manifesta seu pesar pelo falecimento de Dom Enemésio Ângelo Lazzaris, na noite deste domingo, 02/02, na casa paroquial do Santuário Sagrado Coração de Jesus, em Araguaína (TO). Há cerca de um ano o bispo de Balsas (MA) fazia tratamento contra um câncer, sendo acompanhado pela equipe médica do hospital.

Seu corpo será velado no Santuário Sagrado Coração de Jesus, em Araguaína (TO), onde às 15h será celebrada a missa de corpo presente. Após a Santa Missa, o seu corpo seguirá para Balsas, sede de sua Diocese, onde será sepultado.

Lamentamos a perda desse grande missionário, amado e querido por todos que conviviam com eles. Aos familiares externamos nossas condolências neste momento de luto.

Dom Enemésio nasceu em Siderópolis (SC), no dia 19/12/1948. Terminou o seu noviciado em 1965 na Congregação da Pequena Obra da Divina Providência e fez os seus votos perpétuos em 27/10/1974. Foi ordenado sacerdote em 26/07/1975. Foi diretor da comunidade orionita, pároco da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus em Araguaína, Diretor do Colégio Dom Orione de São Sebastião do Rio de Janeiro e Superior da Província Norte do Brasil da Congregação da Pequena Obra da Divina Providência (Dom Orione). Foi nomeado bispo em 12 de dezembro de 2007 pelo papa Bento XVI.

---

Deputado Federal - Bira do Pindaré (PSB)

---

Governador do Estado do Tocantins - Mauro Carlesse

Com muito pesar recebi, na manhã desta segunda-feira, dia 3, a  notícia do falecimento do bispo Dom Enemésio Ângelo Lazzaris.

Dom Enemésio Ângelo atuou em Araguaína, onde foi diretor da comunidade orionita e pároco da Igreja Sagrado Coração de Jesus. Deixa um legado de lutas e dedicação aos pobres.

Nesse momento de dor e luto, rogo a Deus para que console os corações dos amigos e párocos de Dom Enemésio Ângelo por esta perda irreparável.

Mauro Carlesse
Governador do Estado do Tocantins

---

Deputado Estadual Issam Saado (PV)

Nota de Pesar

É com pesar que recebi a notícia do falecimento de Dom Enemésio, importante padre orionita que fez um belo trabalho por Araguaína e região durante o período em que serviu no Município. Acompanhei o trabalho da ordem orionita por Araguaína e vi o quanto contribuiu com o crescimento e o desenvolvimento da cidade e região. 

Dom Enemésio Angeli Lazzaris foi admirado por todos que o conhecia, pelo seu exemplo de fé e caridade. Foi diretor orionita e pároco na Paróquia Sagrado Coração de Jesus em Araguaína. Atuou como presidente da Comissão Pastoral da Terra (CPT) e foi coordenador na Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) em grupo de trabalho contra o tráfico de pessoas. 

Rogo a Deus para que o receba em lugar de merecimento, por toda sua dedicação ao próximo durante sua vida. 

Deputado Estadual Issam Saado (PV).

---

Deputado Federal Zé Carlos (PT)

É com grande pesar que recebi a notícia do falecimento do bispo Dom Enemésio Ângelo Lazzaris, que desempenhava um brilhante trabalho na Diocese de Balsas. Que Deus console os corações dos familiares e amigos neste momento tão triste e de grande perda!

---

Província Franciscana Nossa Senhora da Assunção do Maranhão e Piauí

A Província Franciscana Nossa Senhora da Assunção do Maranhão e Piauí recebe com grande pesar a notícia do falecimento de Dom Enemésio Ângelo Lazzaris, PODP, religioso Orionita e Bispo da Diocese de Balsas-MA, ocorrido nessa noite (2) na cidade de Araguaina-TO.

Dom Enemésio era o atual bispo da Diocese de Balsas. Foi presidente da Comissão Pastoral da Terra (CPT), coordenador do grupo de trabalho da CNBB contra o tráfico de pessoas. Fez várias denuncias contra conflitos agrários, trabalho escravo e assassinato de índios no Maranhão.

Seu compromisso com a justiça em defesa dos mais pobres deve sempre ser lembrado como exemplo a ser seguido.

“Quem crê em mim, ainda tenha morrido, viverá”. Nos solidarizamos em oração à Diocese de Balsas, familiares e amigos, com sentimentos de pesar e de dor.

---

Irmãs Franciscanas Missionárias de Susa

Querido povo da Diocese de Balsas, 

Paz em Cristo ressuscitado...!

Neste momento tão forte em que a vossa fé é provada, pela partida do Querido Pastor Dom Enemésio, para Deus, nós, Irmãs Franciscanas Missionárias de Susa, presentes na missão em Moçambique-África, nos unimos a esta querida Igreja Particular de Balsas para prestar nossa solidariedade e ao mesmo tempo, elevar nossa prece e gratidão ao Deus da vida pelo testemunho de fé e doação do Saudoso Pastor Dom Enemésio. Com certeza,  essa falta deixará um grande vazio, mas o amor do Senhor é mais forte que a morte e nos dá a capacidade de superar todas as dores e angústias e acreditar que somos fortes para continuar testemunhando o amor e construindo o Reino inaugurado por Jesus, onde todos tenham vida, dignidade e paz! Que o Eterno e Bom Pastor Jesus, acolha este seu Irmão e Pastor Dom Enemésio, e dê a Ele o prêmio eterno e a recompensa de todo bem que Ele fez na terra 

Que pela misericórdia de Deus, a alma do nosso Irmão Dom Enemésio, descanse em paz

---

Dom José Belisário

"A Igreja do Brasil e, particularmente a Igreja do Maranhão, tem muito a agradecer a dom Enemesio. (...) Descanse em paz, dom Enemesio. Você merece". Dom José Belisário.

---

Pe. Dario - Provincial comboniano

Foi-se embora no dia da consagração da vida a Deus e ao povo, que foi o marco de sua existência.

Agradecemos a Deus por ele e rezamos pela Diocese de Balsas. Que dom Enemesio interceda por nossos caminhos!

Pe.Dario
Provincial comboniano

---

Colégio Santa Cruz Dom Orione

--

Cáritas do Maranhão

A Cáritas do Maranhão lamenta profundamente a perda deste grande pastor e amigo. Amigo das causas dos pobres, profeta da justiça, um grande Testemunha da Fé! Além de presidente nacional da Comissão Pastoral da Terra, foi nosso Bispo Referencial de Cáritas do Maranhão de 2013 a 2019. Foi um bispo referencial muito presente; uma voz da qual estamos sentindo falta desde 2019 quando teve que se afastar de suas atribuições para o tratamento contra o câncer. Dom Enemésio Lazzaris, presente!

---

Dom Jose Luiz  Bispo de Pesqueira-PE

“Viver sem morrer é viver menos, é impedir o pleno ser,

é partir sem nunca chegar, é jamais poder ressuscitar, é aceitar viver em vão.

Por isso, cedo quiseste voar, buscando a libertação” (L. Boff)

Irmãos e irmãs

Não foi  combinado que nosso irmão Enemesio partiria agora... ainda não estávamos preparados para sua ausência... Mas a vida tem dessas coisas... Estamos agora na estação da vida, celebrando a partida de quem vai, mas fica nos seus gestos gratuitos de doação aos pobres e despossuídos desta vida. 

Ficamos mais ricos com D.Enemesio neste mundo. Nos contagiou com sua pobreza, simplicidade, missionariedade e amor aos pobres.  Andava sempre de ônibus, não tinha celular e, diante das crises, das injustiças, se tornava gigante, sem perder a ternura e a confiança no Deus que caminha conosco.

É,  vai fazer muita falta mas,  temos que seguir em frente trazendo no coração e na memória este homem de Deus que como Jesus, passou entre nós fazendo o bem.

Minha saudação e  abraço aos familiares e ao povo de Deus de Balsas - MA . 

Na vida e na morte, louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo.

Servo bom e fiel, Descanse em paz !

Jose Luiz  Bispo de Pesqueira-PE

---

Cúria Diocesana de Imperatriz

---

Dom Evaristo Pascoal Splengler - Comissão Episcopal Pastoral Especial de Enfrentamento ao Tráfico Humano da CNBB

Nota de falecimento de Dom Enemésio

A Comissão Episcopal Pastoral Especial de Enfrentamento ao Tráfico Humano da CNBB manifesta seu profundo pesar pela Páscoa de Dom Enemésio Ângelo Lazzaris, ocorrida na noite deste domingo, dia 02 de fevereiro. Queremos nos unir, solidariamente e na oração, à Diocese de Balsas/MA e aos familiares neste momento de dor pela perda de tão grande Pastor.

Dom Enemésio teve como grande marca de sua ação pastoral o cuidado e a defesa dos pobres. Queremos destacar seu comprometimento com as vítimas do Tráfico Humano, nas suas mais variadas modalidades. Desde a criação desta Comissão Especial na CNBB (2017) até 2019, exerceu a missão de Presidente; porém, já integrava o então Grupo de Trabalho de Enfrentamento ao Tráfico Humano. Sua preocupação era motivar a Igreja do Brasil a se comprometer cada vez mais na defesa da dignidade e da vida de tantos irmãos e irmãs atingidos por esta chaga social. A ele nossa gratidão e reconhecimento!

Que seu testemunho de vida e missão nos impulsione cada vez mais a sermos uma Igreja em saída missionária (cf. EG 20) que cuida dos mais frágeis da Terra (EG 209).

Dom Evaristo Pascoal Splengler
Presidente da Comissão Episcopal Pastoral Especial para o Enfrentamento ao Tráfico Humano da CNBB

---

Regional Nordeste 5 da CNBB

"Se o grão de trigo não morre, ele não produzirá fruto". (Jo 12, 24)

Ao tomar conhecimento da páscoa definitiva de dom Enemesio Ângelo Lazzaris, o Regional Nordeste 5 da CNBB, quer expressar a comunhão com os seus familiares, com a sua Congregação da Pequena Obra da Divina Providência, “Os Orionitas”, e a Diocese de Balsas, Maranhão, da qual era pastor.

Dom Enemesio, partiu no final do dia da Festa da Apresentação do Senhor. Dia em que o menino Jesus é oferecido ao Pai e Simeão diz que ele será "luz para iluminar as nações".

Este querido irmão viveu intensamente esta entrega a Deus ao longo de sua vida e de maneira particular no seu ministério episcopal. A exemplo de Jesus, iluminou com as suas palavras e gestos, revelando o Espírito de simplicidade, humildade e compromisso com os mais pobres, de maneira particular com os lavradores e lavradoras, sendo por dois mandatos, Presidente Nacional da Comissão Pastoral da Terra - CPT.

A ele a nossa gratidão e reconhecimento pelo espírito de comunhão e solidariedade, a que sempre encontrava forma de expressá-lo com às pessoas que se relacionava.

Agradecemos a Deus por ter dom Enemesio Ângelo Lazzaris como bispo na Igreja do Maranhão.

São Luís, 03 de fevereiro de 2020.

Dom Sebastião Bandeira Coelho
Bispo Diocesano de Coroatá-MA
Presidente do Regional NEV da CNBB

 

Dom Esmeraldo Barreto de Farias
Bispo Auxiliar da Arquidiocese de São Luís do Maranhão
Vice-Presidente do Regional NEV da CNBB

 

Dom Rubival Cabral Brito
Bispo Diocesano de Grajaú-MA
Secretario do Regional NE V da CNBB

---

Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Sociotransformadora da CNBB

Brasília, 03 de fevereiro de 2020

MENSAGEM DE SOLIDARIEDADE PELO FALECIMENTO DE DOM ENEMÉSIO LAZZARIS

A Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Sociotransformadora da CNBB recebeu, com muito pesar, a notícia da Páscoa de Dom Enemésio Ângelo Lazzaris, bispo da Diocese de Balsas/MA, ocorrida neste domingo, dia 02 de fevereiro.

Lutou contra o câncer de pâncreas por longo período de forma muito serena. Agora, chamado para a casa do Pai, contemplará, eternamente, a face de Deus a quem amou e serviu ao longo do seu ministério presbiteral e episcopal. Queremos estar unidos solidariamente e em oração à Diocese de Balsas/MA e aos familiares neste momento de dor pela perda deste grande pastor e profeta atual.

Dom Enemésio foi membro desta Comissão no período de 2011 a 2015, período em que também foi Presidente da Comissão Pastoral da Terra (2012-2018). Se destacou pelo amor e atenção a todos, especialmente, aos pobres e excluídos. Foi incansável na luta contra o trabalho escravo, na defesa dos povos e comunidades ameaçadas em seus direitos.

Que seu testemunho de vida e missão, sempre pautado na prática de Jesus Cristo, motive sempre mais as comunidades e a sociedade na construção do Bem viver.

Dom José Valdeci Santos Mendes
Bispo de Brejo/MA
Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Sociotransformadora

---

Missionários Combonianos no Brasil

NOTA DE PESAR PELA PÁSCOA DE D. ENEMÉSIO LAZZARIS, ORIONITA

Os Missionários Combonianos no Brasil se unem na dor e na esperança à Diocese de Balsas e à Família Orionita nesse momento da partida de Dom Enemésio Ângelo Lazzaris, bispo diocesano de Balsas e um companheiro de tantas caminhadas, que agora é nosso intercessor junto ao Deus da vida. 

Balsas foi um dos lugares onde os Missionários Combonianos iniciaram sua missão no Brasil. Seu povo simples e acolhedor, gente sofrida, mas de grande fé e muitos valores, acolheu os Combonianos e os ajudou a serem mais missionários sob a liderança, primeiramente, de Dom Diogo Parodi. Depois, com Dom Rino Carlesi, Dom Franco Masserdotti e, finalmente, com o querido bispo brasileiro da Congregação dos Orionitas, Dom Enemésio Ângelo Lazzaris. 

Dom Enemésio valorizou muito a espiritualidade e carisma combonianos presentes na Diocese de Balsas. Com carinho, respeito e até humildade, ele ajudo a fazer memória de seu predecessor, o saudoso Dom Franco, e se empenhou para fazer de sua diocese ‘uma igreja sempre em saída’. A paixão missionária e a profecia de Dom Enemésio também eram grandes. 

Testemunhamos a sua luta na defesa da terra e das águas, no enfrentamento ao tráfico humano, na pastoral do menor, no grupo de combate ao trabalho escravo, na rede de notícias da Amazônia e em tantas outras ações missionárias, sempre com seu estilo de vida sóbrio, de um autêntico servo de Deus que se fez realmente próximo aos mais pobres, na defesa e promoção da vida, da justiça e dos direitos humanos.

Agora Dom Enemésio se encontra nos abraços de Deus e se reencontra com outros grandes patronos e matronas da igreja maranhense. Eles e elas estão do nosso lado, torcendo por nós, para que não deixemos morrer a esperança e a profecia. Eles e elas nos esperam para a festa no banquete do Reino, que teimosamente precisamos antecipar já nesta vida.

Muito obrigado, Dom Enemésio! Interceda por nós, especialmente por sua querida Diocese de Balsas!

São Paulo, 3 de fevereiro de 2020.

Missionários Combonianos no Brasil

---

 

Informações sobre o funeral de Dom Enemésio:

Local: Catedral Sagrado Coração de Jesus

 

Dia 03/02/2020

22h chegada do corpo.

23h - 1ª  Missa de corpo presente (Potosi).

 

Dia 04/02/2020

00h30 - pastoral da juventude paroquial e diocesana

 

01h30- Homens e Mulheres do terço.

02h30 - Renovação Carismática Católica,

03h30 - Paróquia do Potosi

04h300 - 05h30 - COMIDI e COMIPAs

06h00 - 2ª Missa De corpo presente Área Tresidela -

07h30 - Fortaleza dos Nogueiras, Riachão.

08h30 - Paraibano, Mirador

09h30 - Sucupira do Norte, Pastos Bons, Nova Iorque.

10h30 - Loreto, Mangabeiras, Sambaíba

11h30 - Alto Parnaíba, Tasso Fragoso, Terço da Misericórdia

12h30 - Área Fátima e Pastoral Bíblica.

13h30- São Domingos, Benedito Leite, São Félix, Apostolado da Oração.

14h30 - Área Nazaré, Pastoral da Pessoa Idosa

16h00 - 3ª Missa - Celebração Eucarística de despedida - Pastoral Litúrgica (Paróquia Santo Antônio)