COMISSÃO PASTORAL DA TERRA

 

 

 

Com o tema: “Sementes de resistência e a espiritualidade do povo de Deus em luta” e lema: “Vos sois o sal da terra, vos sois a luz do mundo” (mt. 5,13-14), Assembleia da CPT ocorre entre os dias 27 e 30 desse mês de março em Cuiabá, no Mato Grosso. 

Fonte: Assessoria de Comunicação da CPT 

Imagens: CPT-MT

A XXVI Assembleia da Comissão Pastoral da Terra no Mato Grosso (CPT-MT) teve início na noite desta quarta-feira, 27, com uma celebração de acolhida das cerca de 60 pessoas convidadas, entre agentes de pastoral, trabalhadores e trabalhadoras, e membros de organizações e movimentos sociais.

O espaço do evento acolhe, desde ontem, pessoas de todas as regiões acompanhadas pela Pastoral da Terra, como Araguaia, Norte, Sul, Noroeste e a Baixada Cuiabana.

“É um momento importante de luta, resistência e celebração da vida dos povos da terra, das águas e das florestas. Também é um momento de pensarmos a nossa atuação enquanto pastoral para os próximos 4 anos”, explica Elizabete Flores, da coordenação da CPT Mato Grosso.

Na programação do evento há momentos para análise da conjuntura brasileira, que conta com a assessoria da assentada Dê Silva e de Roberto Malvezzi, conhecido como Gogó, assessor da CPT e do Conselho Pastoral dos Pescadores (CPP), assim como para a sempre rica partilha de experiências das comunidades. Durante a Assembleia também será eleita a próxima Coordenação e Conselho da CPT no estado.

O evento conta com a participação de representantes do Conselho Indigenista Missionário (Cimi), Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), Centro Burnier Fé e Justiça, e do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Nossa Senhora do Livramento da na Baixada Cuiabana.

LEIA TAMBÉM: Acampados e assentados do Norte do Mato Grosso unem forças

Agrotóxicos contaminam água da chuva e de poços artesianos em Mato Grosso

Região do Araguaia debate uso e conservação da água e os riscos dos agrotóxicos para esse bem natural

Organicidade

A CPT está organizada em todo o território nacional em 21 Regionais, que correspondem basicamente aos estados da Federação, e esses Regionais possuem um trabalho realizado com autonomia.

A Assembleia da CPT Mato Grosso teve início na noite desta quarta-feira com uma celebração de acolhida das cerca de 60 pessoas convidadas.

A Pastoral da Terra é vinculada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), e está assim organizada: Assembleia Nacional, Congresso, Coordenação Nacional, Regionais, Equipes, Grandes Regiões, Secretaria Nacional, e Articulações.

Cada Regional da CPT tem uma Coordenação e um Conselho, eleitos em Assembleia.

Gostou dessa informação?

Quer contribuir para que o trabalho da CPT e a luta dos povos do campo, das águas e das florestas continue? 

Clique aqui e veja como contribuir