COMISSÃO PASTORAL DA TERRA

 

 

 

Todos os anos no mês de novembro, a Via Campesina realiza a Jornada Mundial de Luta pelo Fim da Violência contra as Mulheres. Nesse ano, a organização convoca organizações e movimentos sociais em todo o mundo para realizarem ações de 25 a 30 de novembro, denunciando a violência contra a mulher e a impunidade ainda presente nesses tipos de crimes. 

(Via Campesina / tradução: Cristiane Passos - CPT Nacional)

(Harare, 19 de Novembro de 2019) De 25 a 30 de novembro de 2019, a Via Campesina convoca para a Jornada Mundial pelo Fim da Violência contra as Mulheres, realizada todos os anos. A convocatória é para seguir lutando por sociedades mais conscientes e livres, sem exploração de seres humanos e da natureza, ao mesmo tempo em que denuncia o sistema capitalista, patriarcal, racista e colonizador, que explora, oprime e investe contra a vida das mulheres e da humanidade. Como Via Campesina nos unimos a todas as mulheres, povos e identidades diversas que resistem, organizam e lutam para alcançar sociedades justas, igualitárias, solidárias, de amor pleno e respeito.
Em um cenário de violência estrutural, fascismo e retrocessos de direitos para a classe trabalhadora e, de forma específica, para as mulheres, ano após ano, sentimos mais forte a mão de quem explora, de quem assedia, de quem mata pobres, mulheres e lutadores e lutadoras sociais.

É alarmante o crescimento das estatísticas sobre violência física e sexual contra meninas, mulheres e diversas identidades em escala global, estupros e feminicídios ocorrem em uma atmosfera de impunidade e injustiça por parte do sistema machista e patriarcal. Também vemos com preocupação uma série de retrocessos nos direitos trabalhistas e sociais, bem como no número de mulheres em empregos temporários, cada vez mais precários e árduos.

As mulheres migrantes, deslocadas e em territórios de conflitos, hoje estão vulneráveis e expostas a todo tipo de violência e violação de seus direitos, muitas usadas como espólio de guerras, obrigadas a serviços sexuais e torturas para sobreviver. Neste ano, também denunciamos o desaparecimento sistemático de lideranças sociais, perseguidas, presas e assassinadas por sua luta em defesa de seus territórios e de seus direitos em países como Brasil, Colômbia, Honduras e Filipinas.

Por tudo isso que a Via Campesina, durante essa Jornada, reforça seu princípio que expressa a tarefa política de dizer: “Basta de Violência Contra as Mulheres” e reforça seu compromisso de realizar ações, lutas permanentes e cotidianas de enfrentamento a toda forma de violência contra as mulheres, como a Campanha Internacional "Basta de Violência contra a Mulher", realizada sistematicamente desde 2008.

Nesse sentido, como Via Campesina, convocamos nossas organizações membros, amigos e aliados para participarem da Jornada de Luta de 25 a 30 de novembro de 2019, realizando e organizando, juntamente a movimentos, marchas, fóruns, feiras e outras ações de denúncia, momentos em que exijam políticas públicas em favor dos nossos direitos. É necessário construir, de fato, mecanismos para punir os agressores e acolher as vítimas para, assim, romper o ciclo de violência contra a vida das mulheres.

Para mostrar unidade de ação durante estes dias, compartilhamos o pôster oficial da Campanha da Via Campesina, Basta de Violência contra as Mulheres, que está disponível em ES, EN e FR, também incentivamos você a colocá-lo no seu idioma local. Anexamos uma versão editável, Não se esqueça de compartilhar com aliados e amigos e imprimi-los para suas atividades.

Para baixar os cartazes: https://cloud.viacampesina.org/s/tXe77PpxrC4fHJ4

Outros materiais para redes sociaishttps://cloud.viacampesina.org/s/R9y2DrkDDDpq3R7

No âmbito da campanha e com a recente aprovação da Declaração das Nações Unidas sobre os Direitos dos Camponeses e outras pessoas que trabalham em áreas rurais, como Via Campesina desenvolvemos uma série de 6 cartões postais, que coletam vários artigos desta declaração, nosso objetivo é que todas as mulheres agricultoras conheçam e se apropriem de nossos direitos, que este novo instrumento nos garante hoje. Baixe os cartões postais em ES, EN, FR e imprima: https://cloud.viacampesina.org/s/SexGmCnkKmYREp7

Também queremos tornar visíveis todas as ações realizadas por nossas organizações membros e aliados nos territórios, solicitamos que você compartilhe seus comunicados, pôsteres, fotos, vídeos para lvcweb@viacampesina.org, divulgaremos esse material durante o dia de mobilização em nossos espaços de comunicação.

Seguimos nas redes: @via_campesinaSP https://www.facebook.com/viacampesinaOFFICIAL/ #BastaDeViolenciaContraMujeres #FeminismoCampesinoPopular #25Nov

Globalizemos a Luta, Globalizemos a Esperança!

 

Gostou dessa informação?

Quer contribuir para que o trabalho da CPT e a luta dos povos do campo, das águas e das florestas continue? 

Clique aqui e veja como contribuir